Curta nossa página no Facebook!

  • Facebook - Grey Circle
  • Instagram - Grey Circle

Rua Itapeva, 286

cj. 51/52 Cerqueria César

São Paulo-SP

CEP: 01332-000
(11) 32890426

Buscar

É normal sair leite da mama sem estar grávida? Saiba se é natural ou doença séria

É natural e óbvio que durante a gravidez e após o nascimento do bebê a mama produza leite. Em outros momentos, no entanto, a mulher pode perceber um líquido branco e semelhante ao leite saindo pelos mamilos e se perguntar se a condição é normal.



Pode ser, mas também pode ser indicativo de problemas mais sérios.


Não estou grávida e tenho leite: causas normais


Quando a situação acontece, a primeira coisa que deve ser pensada é se existe a possibilidade de a mulher estar grávida. Isto porque líquido branco saindo da mama pode ser sintoma inicial de gravidez.


Mulheres que são mães e já amamentaram também podem notar o sintoma. É normal sair leite da mama depois de parar de amamentar porque a produção hormonal leva um tempo até que se estabilize.


Tanto a produção de leite no comecinho da gestação como a ejeção depois da suspensão da amamentação têm relação com a produção da prolactina, hormônio produzido pela hipófise, uma glândula que fica no cérebro. Quando a mulher está grávida e depois de ter o bebê, é essa glândula e o hormônio produzido por ela os principais responsáveis pela produção do leite.


Não amamento e tenho leite


Se as duas maiores motivações da situação forem eliminadas – ou seja, a mulher não está grávida e também não amamentou recentemente – outras quatro causas podem explicar o problema.


Alterações comuns


A primeira, mais comum e natural, é a secreção normalmente expelida pelo bico do seio que pode parecer leite. Para limpar os dutos mamários, o corpo elimina secreções. Ela geralmente é imperceptível, mas pode ser confundida por algumas mulheres.


Outro causa é a estimulação emocional. “Se uma mulher estiver com um bebê perto, pode emocionalmente gerar prolactina e produzir leite”, explica a pediatra Dra. Luciana Herrero, especialista em amamentação. O episódio pode acontecer com mães adotivas e avós ou com aquelas que tem uma relação bem próxima com um bebezinho.


Causas que merecem atenção


O uso de medicamentos antidepressivos, antipsicóticos, ansiolíticos e antiespasmódicos (contra o enjoo) pode interferir no funcionamento da hipófise e também contribuir para a produção da prolactina que, consequentemente, vai resultar em produção de leite.


O sintoma ainda pode ser indicativo de um tumor na hipófise, que desregula a produção do hormônio, ou na mama. É por isso que mulheres que nunca tiveram filho e nem estão grávidas e percebem a situação devem procurar um mastologista, orienta a médica.


Líquido saindo da mama: outras situações


Outras secreções podem ser expelidas pelas mamas. Diferente de quando são confundidas com leite, elas podem ser transparentes e bem cristalinas ou sanguinolentas.


Especialmente quando saem apenas por uma mama e vêm acompanhadas de dores ou nódulos, podem ser indicativo da presença de um tumor na mama.


Nestes casos, um especialista deve ser rapidamente consultado para auxiliar na investigação e diagnóstico da doença que, caso seja comprovada, pode ser tratada com medicamentos ou cirurgias.


Na maioria dos casos, os prognósticos e as chances de cura são altas, especialmente quando a investigação é precoce.


Cheiro ruim na mama: o que é?


Muitas vezes, além da secreção, outro sinal que chama atenção nas mamas é o mau cheiro. Ele, geralmente, é gerado pelo acúmulo da secreção natural dos ductos mamários. A higienização cuidadosa com água e sabão pode minimizar e até eliminar o problema. Mulher com o mamilos invertidos devem colocá-los para fora para lavar.